Home ✔️ Dicas ✔️ Profissionais de condomínio – quem são e o que fazem
Dicas

Profissionais de condomínio – quem são e o que fazem

Profissionais de condomínio - quem são e o que fazem
Você conhece os profissionais que atuam no seu condomínio? Não? Está na hora de conhecer um pouco do que fazem e como o trabalho deles é importante para manter a conservação dos espaços, confira!

Para que um condomínio seja administrado e mantido de forma eficiente é imprescindível que haja uma equipe de trabalho focada em desempenhar suas atividades de forma integrada.

Os profissionais de condomínio podem ser conhecidos dos condôminos: afinal, eles estão presentes diariamente em nossas vidas. Porém, você conhece as peculiaridades desse trabalho? É o tema desse post de hoje: Quem são os profissionais de condomínio e o que fazem?

Vale lembrar que os cargos obrigatórios no imóvel estão presentes nas normas da convenção do condomínio e no regimento interno.

Além disso, os cargos e funções de cada atuação são definidos pela Convenção Coletiva de Trabalho que deve ser entregue anualmente pelos sindicatos de empregados de edifícios ao Ministério do Trabalho. Este documento determina as tarefas relativas a cada cargo no condomínio e demais questões trabalhistas, como benefícios, pisos salariais, entre outras determinações.

Com a Lei Federal 2.757/56, os cargos no condomínio passaram a ser resguardados pela legislação trabalhista, pois antes esses profissionais eram considerados empregados domésticos. Entretanto, agora todas as gestões condominiais devem respeitar e garantir os direitos dos funcionários de condomínio.

Síndico

Talvez o profissional mais conhecido do condomínio seja o síndico. Imortalizado pelo cantor Tim Maia, o síndico é o profissional ou o morador a quem recorremos quando as coisas não vão bem com a administração e a manutenção das áreas comuns do condomínio, bem como taxas, reclamações, pequenos conflitos. O Síndico é considerado o líder do condomínio, responsável legal pela gestão e administração do empreendimento, coordenador dos trabalhos das equipes de conservação, limpeza e administrativa. Então, aconteceu algum problema, chame o síndico!

Leia também: Síndico morador ou contratado? Qual a melhor opção para o condomínio?

Subsíndico.

Apesar de não ser um cargo obrigatório no condomínio – geralmente, a convenção do condomínio estipula se há ou não a necessidade de se ter um – porém, o subsíndico existe para casos de substituição do síndico (por motivo de enfermidade, renúncia ou falecimento).

O subsíndico é um profissional ou morador, escolhido em assembleia geral, que está por dentro de todas as atividades do síndico e o auxilia na condução de sua gestão. Assim, ele auxilia nas rotinas administrativas e de rotina do condomínio.

Gerente predial

Porteiro

O porteiro é o profissional responsável pela portaria residencial, suas atribuições são bem conhecidas:

  • Avisar sobre a chegada de visitas e entregas por meio de interfone;
  • Solicitar identificação do visitante e tomar conhecimento se o mesmo está autorizado a permanecer no local;
  • Receber e selecionar a correspondência dos condôminos;
  • Realizar o cadastro dos visitantes e prestadores de serviço que chegarem ao condomínio;
  • Observar e comunicar possíveis falhas na segurança do condomínio.
Leia também ✔️  Como armazenar o lixo de forma organizada

Entretanto, apesar de ser um profissional responsável, que seja cordial e solícito com todos, o porteiro não deve sair da portaria para atender solicitações de condôminos, não deve guardar chaves ou objetos de valor de moradores na portaria, manobrar carros na garagem ou deixar qualquer pessoa entrar sem permissão.

Zelador

O zelador é o profissional responsável por manter tudo em ordem no condomínio.

Ele atua como gestor das equipes de limpeza, conservação e manutenção, para isso são suas atribuições:

  • Fiscaliza as áreas comuns do condomínio,
  • Observa se os equipamentos da academia ou da piscina estão em pleno funcionamento,
  • Verifica os vazamentos nos apartamentos.
  • Comunica o síndico sobre irregularidades,
  • Distribui tarefas entre as equipes de limpeza e conservação,
  • Supervisiona obras e reformas nas áreas comuns,
  • Notifica os moradores sobre problemas nas áreas comuns como falta de água ou problemas nos elevadores.

Leia também: Qual o papel do zelador do condomínio?

Auxiliar de serviços gerais.

Como profissional diretamente ligado ao zelador e ao síndico temos o auxiliar de serviços gerais.

Esse profissional é o responsável em resolver problemas de rotina do condomínio como organizar o lixo deixado na área de despejo, trocar lâmpadas, conservar jardins, varrer e lavar áreas comuns (em conjunto com a equipe de limpeza), vistorias e manutenções periódicas como pequenos vazamentos, bem como solicitar orçamentos e serviços para áreas onde não tem o conhecimento necessário.   

Apesar de ser um profissional com amplas atribuições o condomínio precisa cuidar para que não exista acúmulo de funções.

Vigia

Os vigias são responsáveis pela segurança do empreendimento. Geralmente trabalham em equipes que se revezam em plantões. Em geral são contratados para trabalhar apenas no período da noite.

Devem ter bom preparo físico e percorrerem todas as imediações do condomínio em rondas para verificarem se está tudo bem. Esses profissionais podem ser contratados diretamente ou através de empresas que oferecem serviços de segurança, com profissionais treinados e orientados para esse fim.

Agora que você já conhece todas as atribuições desses profissionais de condomínio conheça o Cubo e facilite suas entregas com o máximo de discrição e independência.

profissionais de condominio
profissionais de condominio

Gostou deste post? Acompanhe o blog do Cubo Casa para mais conteúdos sobre segurança residencial, decoração, jardinagem, automação residencial, arquitetura e dicas para sua casa.

Já conhece o Cubo? O Cubo é um passa volumes inteligente e caixa de correspondência. Com ele é possível receber encomendas mesmo estando fora de casa.

Leia também ✔️  Síndico morador ou contratado? Qual a melhor opção para o condomínio?

Conheça o Cubo