Home ✔️ Arquitetura ✔️ Casas em EPS: o futuro da construção sustentável
Compartilhe ou fale conosco!
Arquitetura

Casas em EPS: o futuro da construção sustentável

Casas em EPS: o futuro da construção sustentável
As casas de EPS são consideradas construções sustentáveis, pois o uso do material reduz gastos com energia e água, chegando a uma economia de quase 60%. Além disso, o EPS diminui a emissão de CO2 na atmosfera.

Você já imaginou morar em uma casa que não só é esteticamente agradável, mas também amiga do meio ambiente, econômica e surpreendentemente durável?

Bem-vindo ao mundo inovador das casas em EPS (isopor)!

As casas em EPS (poliestireno expandido), popularmente conhecidas como “casas de isopor”, são uma inovação no setor da construção civil que está ganhando popularidade devido às suas vantagens ambientais, econômicas e de eficiência energética.

As paredes das casas de EPS são feitas com telas de aço e painéis de EPS, com nome técnico de Argamassa Armada. Quando os painéis são revestidos com o concreto projetado, formam uma estrutura unificada com grande capacidade de carga. 

As casas de EPS são consideradas obras de construção a seco, ou seja, que dispensam o uso de água. Por ser uma placa pré-moldada, o EPS faz com que as construções sejam até 40% mais rápidas do que as de alvenaria.

Vamos explorar mais sobre esse tipo de construção:

O que é EPS?

O EPS é uma espuma rígida de poliestireno, leve e com propriedades isolantes excepcionais. É o mesmo material frequentemente usado em embalagens e produtos descartáveis, mas para a construção civil, é produzido em densidades e formatos específicos.

Como funciona o processo de fabricação do EPS?

O processo de fabricação do EPS (poliestireno expandido), também conhecido como isopor, é um exemplo fascinante de engenharia de materiais aplicada. Tudo começa com pequenos grânulos de poliestireno, que contêm um agente expansor, normalmente pentano. Estes grânulos são inicialmente submetidos a um processo de pré-expansão, onde são aquecidos com vapor. Este aquecimento faz com que o agente expansor dentro dos grânulos se expanda, inflando os grânulos até cerca de 40 vezes o seu tamanho original. Esse processo cria inúmeras células fechadas de ar dentro de cada grânulo, tornando-os muito mais leves.

Após a pré-expansão, os grânulos expandidos passam por um período de resfriamento e estabilização em silos de armazenamento. Esse período de descanso é crucial para garantir que os grânulos atinjam uma densidade e tamanho uniformes, preparando-os para a próxima fase, que é a moldagem.

Durante a etapa de moldagem, os grânulos expandidos são colocados em moldes grandes para formar blocos ou em moldes específicos para criar formas diversas, dependendo da aplicação final desejada. Dentro desses moldes, os grânulos são novamente expostos ao vapor, que os faz expandir ainda mais e, o mais importante, os funde juntos, formando uma estrutura sólida e uniforme.

Leia também ✔️  Fachada Glazing: 8 vantagens do sistema estrutural

Uma vez que os blocos ou formas moldadas são retirados dos moldes, eles passam por um processo de cura. Durante esse tempo, o ar substitui gradualmente o pentano nas células fechadas, e o material se estabiliza completamente. Após a cura, o EPS pode ser cortado em várias formas e tamanhos, conforme necessário, usando fios aquecidos ou outras ferramentas de corte especializadas. Esse corte preciso permite a criação de uma ampla gama de produtos, desde painéis de isolamento e embalagens até componentes específicos para a construção civil.

Características das Casas em EPS

  • Isolamento Térmico: O EPS tem um alto valor de isolamento térmico, o que ajuda a manter a casa fresca no verão e quente no inverno, reduzindo significativamente o consumo de energia para aquecimento e refrigeração.
  • Leveza e Resistência: Apesar de ser leve, o EPS é surpreendentemente resistente e pode suportar cargas significativas após ser integrado em sistemas de construção como paredes, telhados e pisos.
  • Redução de Ruído: O EPS também oferece bom isolamento acústico, contribuindo para ambientes internos mais tranquilos.
  • Durabilidade: As casas em EPS são resistentes a umidade, mofo, fungos e não são apetitosas para pragas comotérmitas.

Vantagens da Construção com EPS

  • Eficiência na Construção: A construção com painéis de EPS é geralmente mais rápida do que métodos tradicionais. O material é fácil de manusear e pode ser cortado rapidamente no local, acelerando o processo de construção.
  • Sustentabilidade: O EPS é um material reciclável e sua utilização na construção civil contribui para a redução da emissão de CO2, se comparado a métodos convencionais.
  • Custo-Benefício: Embora o custo inicial possa ser semelhante ou ligeiramente superior ao da construção tradicional, as economias a longo prazo em termos de energia e manutenção podem ser significativas.
  • Flexibilidade de Design: O EPS permite uma grande flexibilidade no design arquitetônico, facilitando a criação de formas e estilos personalizados.

Considerações Finais

As casas em EPS representam uma abordagem inovadora e sustentável na construção civil, oferecendo benefícios significativos em termos de eficiência energética, sustentabilidade e flexibilidade de design. À medida que a tecnologia e os métodos de construção evoluem, espera-se que essas casas se tornem ainda mais populares globalmente.


Gostou deste post? Acompanhe o blog do Cubo Casa para mais conteúdos sobre segurança residencial, decoração, jardinagem, automação residencial, arquitetura e dicas para sua casa.

Já conhece o Cubo? O Cubo é um passa-volume inteligente e caixa de correspondência. Com ele é possível receber encomendas mesmo estando fora de casa.

Leia também ✔️  Tipos e dicas de revestimentos para cozinha e banheiro

Leia mais: