Home ✔️ Arquitetura ✔️ Casa sustentável: o que é e principais benefícios
Compartilhe ou fale conosco!
Arquitetura

Casa sustentável: o que é e principais benefícios

Casa sustentável: o que é e principais benefícios
A construção sustentável é uma forma de construir casas e edifícios, harmonizando-os com o meio ambiente. Ela procura, durante toda a sua produção e pós-construção, amenizar os impactos à natureza.

A demanda por uma reavaliação do nosso consumo e seus efeitos sobre o meio ambiente é crescente, levando a um aumento significativo no número de casas sustentáveis no Brasil.

A ideia de residências que são sustentáveis do ponto de vista ambiental está se expandindo globalmente, ganhando mais seguidores, especialmente dada a atual situação ecológica que exige ações para reduzir o impacto ambiental.

O objetivo central de uma casa sustentável é minimizar o impacto ambiental que ela gera, seja durante a construção ou no cotidiano de seus habitantes.

Isso implica em reconsiderar os materiais e aparelhos usados, fazer uso eficiente de recursos naturais como a luz do sol e água pluvial, além de compostar resíduos orgânicos, entre outras práticas.

O que é casa sustentável?

Uma residência sustentável é aquela que busca ativamente diminuir seu impacto ecológico.

Nesses lares, aspectos como conforto, iluminação, design, construção, mobília, consumo de água e energia, gerenciamento de resíduos e muito mais são cuidadosamente planejados ou reavaliados com um olhar sustentável.

Morar em um local assim significa reconhecer que atividades diárias como tomar banho, descartar lixo ou acender uma luz têm um impacto ambiental, mas esse impacto pode ser mitigado com escolhas responsáveis e sustentáveis.

O design dessas casas também é pensado para otimizar o aproveitamento dos recursos naturais do local, como a orientação ideal das janelas para maximizar a luz solar, consideração de correntes de ar, poluição sonora, qualidade do solo, entre outros.

Características de uma construção sustentável

Casas sustentáveis são projetadas desde o início, com arquitetos e engenheiros focando na criação de espaços ecológicos. Geralmente, esses projetos resultam em propriedades espaçosas, com janelas grandes e muita luz natural.

Empresas comprometidas com práticas sustentáveis podem receber certificações, facilitando a escolha de profissionais para a construção da sua casa.

Certificações de sustentabilidade, ou ‘selos verdes’, são oferecidas por diferentes entidades e têm requisitos variados. Geralmente, as exigências incluem:

  • Reutilização e uso de materiais reciclados na construção;
  • Ausência de infrações ambientais;
  • Programas de gestão de resíduos sólidos;
  • Baixo impacto ambiental no canteiro de obras;
  • Utilização de materiais de empresas ambientalmente responsáveis.

Exemplos de materiais em construções sustentáveis

Quando projetadas desde o início, essas residências podem usar materiais menos prejudiciais ao meio ambiente, tanto na fabricação quanto na eventual demolição. Isso contribui para reduzir o impacto ambiental do setor da construção civil.

Leia também ✔️  Revestimento 3D: Tipos e dicas para te inspirar

Arquitetos e engenheiros podem escolher substituir materiais convencionais por opções mais sustentáveis, como concreto reciclado, materiais biodegradáveis, blocos de adobe, cal para pintura, bambu, argamassa de argila, fibra de vidro e outros.

Vantagens de uma casa sustentável

Além da responsabilidade ecológica, residências sustentáveis oferecem várias vantagens, incluindo economia financeira, arquitetura única, aproveitamento do terreno e contribuição social.

A economia em longo prazo é um dos principais benefícios, apesar de alguns materiais e instalações terem um custo inicial mais alto.

Materiais como blocos de adobe são excelentes isolantes térmicos, ajudando a manter a temperatura interna estável. Vidros especiais também oferecem proteção contra raios ultravioletas.

A reciclagem de materiais, como isopor e garrafas PET, pode ser utilizada para isolamento, reduzindo custos de construção ou reforma.

Para isolamento acústico, especialmente em áreas urbanas, materiais específicos podem ser empregados para minimizar a poluição sonora.

Soluções ecológicas para residências sustentáveis

  • Energia solar: uso de painéis solares para geração de energia.
  • Captação de água da chuva: sistemas de recolha de água para uso doméstico.
  • Lâmpadas de LED: substituição de lâmpadas convencionais por LED para economia de energia.
  • Selo Procel: escolha de eletrodomésticos com alta eficiência energética.
  • Torneiras com aeradores: redução do consumo de água.
  • Compostagem: criação de um sistema de compostagem para resíduos orgânicos.
  • Jardins e telhados verdes: implantação de áreas verdes que ajudam na regulação da temperatura e na absorção de CO2.

Essas são apenas algumas das muitas maneiras de tornar uma residência mais ecológica e sustentável. À medida que a tecnologia avança e a consciência ambiental cresce, mais opções se tornam disponíveis para aqueles que desejam viver de maneira mais harmônica com o meio ambiente.


Gostou deste post? Acompanhe o blog do Cubo Casa para mais conteúdos sobre segurança residencial, decoração, jardinagem, automação residencial, arquitetura e dicas para sua casa.

Já conhece o Cubo? O Cubo é um passa-volume inteligente e caixa de correspondência. Com ele é possível receber encomendas mesmo estando fora de casa.

Leia mais: